domingo, 25 de janeiro de 2009

Cândido de Oliveira ( 1896-1958 )

Nascido em 24 de Setembro de 1896, na vila alentejana de Fronteira, Cândido Fernandes Plácido de Oliveira, cedo ficou órfão de pai.
Distinguiu-se como exímio atleta, jogador, árbitro e treinador.
Campeão de Lisboa de luta greco-romana, foi capitão, jogador e treinador do Casa Pia Atlético Clube e da Selecção Nacional, alinhando ainda no Sporting Clube de Portugal, no Belenenses, no Futebol Clube do Porto, no Sport Lisboa e Benfica, na Académica de Coimbra e no Flamengo do Rio de Janeiro.
Em 1928, escolheu e dirigiu a equipe nacional que se apresentou aos Jogos Olímpicos de Amsterdão.
Sócio honorário da Federação Portuguesa de Futebol, fez parte do respectivo Conselho Técnico.
No jornalismo, a sua estreia verificou-se em 1919, no diário desportivo «Vitória».
Fundaria e dirigiria a revista «Football», os jornais «Gazeta Desportiva», «Os Sports» e «A Bola» e seria redactor em «O Século».
No campo teórico deixou vários livros de relevo: «Futebol, Desporto para a Juventude», «Futebol, Técnica e Táctica», «Sistema WM» e Segredos do Futebol».
Faleceria em Estocolmo, em 23 de Junho de 1958, quando fazia, com Ribeiro dos Reis a cobertura do Campeonato do Mundo para o jornal «A Bola».
Em 1990 o Presidente da República conferir-lhe-ia, a título póstumo, a Grã Cruz da Ordem de Mérito.

Sem comentários:

Enviar um comentário