domingo, 3 de maio de 2009

Seixal, 2 - Casa Pia,2

Foi um Casa Pia muito desfalcado ( ausências de Quarenta, Nadai, Carmo, Joca, Paulo Amaral, Nuno Mendes, João Henrique, Américo, Júlio e Paulo Fraga, entre outros) que se apresentou no Seixal.
Assistimos todavia a um grande jogo no bem tratado relvado do Estádio do Bravo com duas equipas dignas uma da outra.
O Casa Pia entrou mais forte com o capitão Patrick Carvalho muito dinâmico e incisivo a obrigar o guarda redes do Seixal a duas defesas de grande nível nos primeiros 5 minutos de jogo.
Com naturalidade a equipa casapiana adiantou-se no marcador através de um golo do ponta de lança Laranjo.
Ainda na primeira parte o Seixal virou o resultado através de um lance que resultou de uma oferta do Casa Pia e de um outro após um bom movimento do seu avançado número 9.
Ainda na primeira parte o Casa Pia podia ter empatado uma vez que beneficiou de uma grande penalidade, por falta sobre Laranjo, que Patrick Carvalho não converteu permitindo a defesa do guarda redes do Seixal.
Na etapa complementar surgiu o momento mais alto do jogo: Orlando Resende arrancou um extraordinário pontapé a 30 metros da baliza do Seixal e fez um golo de bandeira que ditou o resultado final.
Realce para outras oportunidades de que o Casa Pia dispos nomeadamente um remate perigoso de Maionde, duas boas iniciativas pela esquerda de Alfredo Figueiredo e uma bola que esbarrou na trave numa tentativa de canto directo por Patrick Carvalho.
Sinal mais no Casa Pia para as exibições de Marcelino, Vitó, Carlos Correia, Patrick Carvalho, Maionde ( que grande jogo!) e ainda Orlando que entrou muito bem.
Casa Pia alinhou com: Marcelino: Serra ( Orlando,45), Vitó, Carlos Correia e Alfredo Ribeiro; Maionde, Peixoto ( Dominguez, 45) , Patrick Carvalho "Cap" e Ricardo Pereireirinha; Laranjo e Chaves
Golos:
0-1- 10 min, Laranjo;
1-1 - 18 min;
1-2- 30 min;
2-2- 80 min, Orlando Resende;

Sem comentários:

Enviar um comentário